Arbitragem com Técnicas de Negociação, Conciliação e Mediação

A Lei da arbitragem determina em seu artigo 18:“O árbitro é juiz de fato e de direito e a sentença que proferir não fica sujeita a recurso ou homologação pelo Poder Judiciário”. E no artigo 31 “A sentença Arbitral produz, entre as partes e seus sucessores, os mesmos efeitos da sentença proferida pelos órgãos do Poder Judiciário e, sendo condenatória, constitui título executivo”.

Mediação Familiar

O curso visa capacitar para exercício da Mediação Familiar, na busca pela resolução dos conflitos interpessoais existentes na família.

Mediação Empresarial

Capacitar para a prática efetiva da Mediação Empresarial.

Mediação Comunitária

Capacitar profissionais e estudantes para a Mediação Comunitária, promovendo-a como ferramenta de acesso à resolução de conflitos na população de baixa renda no Brasil e no mundo.

Gerenciamento de Conflitos com técnicas de Negociação e Mediação

O conflito é algo que pertence à condição humana como ser social, e acontece frequentemente mediante divergências de posições e opiniões. Se bem gerenciado, torna-se motor da expressão das relações entre as pessoas; As técnicas de gerenciamento de conflitos podem transformar algo aparentemente negativo e caótico em valiosa oportunidade de crescimento e enriquecimento pessoal.

Reconhecimento e Realização funcional em MASC’S

O curso abrange de forma extremamente prática aspectos que envolvam realização e reconhecimento em Métodos Alternativos de Solução de Conflitos(MASC’S): mediação, conciliação e arbitragem.

Capacitação em Conciliação

O curso visa instrumentalizar profissionais para a conciliação.

CURSO DE ARBITRAGEM com Técnicas de Negociação, Conciliação e Mediação

120 HORAS 

Início imediato na modalidade à distância

ATUE NA FUNÇÃO DE ÁRBITRO JURÍDICO

LEI FEDERAL 9.307/96

  Modalidade à distância com o mesmo nível da presencial

Objetivos do Curso:

  1. Preparar estudantes e profissionais em geral para o exercício da função de Árbitro com técnicas de Negociação, Conciliação e Mediação;
  2. Divulgar a arbitragem junto aos operadores do direito e instrumentalizá-los para seu exercício nessa via alternativa e legal.

 

QUESTÕES FREQUENTES

O que é Arbitragem?

Método adequado de solução de conflitos ou controvérsias em que é contratado um terceiro neutro e imparcial (o árbitro) para a solução de um conflito, de acordo com a Lei Federal 9.307/96. Esse, no ato da audiência, é juiz de fato e de direito (art. 18 da Lei de Arbitragem), e prolata uma sentença que é Título Executivo Judicial, não sendo sujeita a recursos. Com isso, temos um método mais rápido e baseado em especialidades.

Quem pode ser Árbitro?

De acordo com o Art. 13 da Lei 9.307/96, pode ser Árbitro qualquer pessoa capaz e que tenha a confiança das partes.

O que faz?

O Árbitro atua ativamente na resolução de conflitos, recebendo honorários das partes. Não precisa passar em concurso, pois não é funcionário público.

A 8ª Câmara Arbitral se orgulha de ter preparado árbitros da mais elevada estirpe, no Brasil e no Exterior, e tem o compromisso de fornecer ao profissional as técnicas de mediação, conciliação e arbitragem para que  possa exercer a nova função com segurança e competência.

 

CURSO DE ARBITRAGEM com Técnicas de Negociação, Conciliação e Mediação

120 Horas

SEMIPRESENCIAL OU À DISTÂNCIA PARA BRASIL/EXTERIOR

Ambiente EAD Moodle

  • Ambiente estimulante do aprendizado
  • Didática direcionada à EAD
  • Interatividade
  • Chats com instrutor
  • Fóruns de discussão
  • Questionários
  • Atividades diversas

 

CONTEÚDO SINTÉTICO

  • Introdução
  • Conceito e Natureza Jurídica
  • A Lei 9.307/1996 com as alterações introduzidas pela Lei 13.129/2015
  • Direitos Patrimoniais Disponíveis
  • O advogado e os trâmites arbitrais
  • Arbitragem como oportunidade de trabalho para vários segmentos
  • Arbitragem de Direito
  • Arbitragem por Eqüidade
  • Convenção de Arbitragem
  • Inexistência de cláusula compromissória
  • Modificação do foro de competência
  • Compromisso Arbitral
  • Arbitragem Institucional e Arbitragem “Ad hoc”
  • Cláusula  Compromissória cheia e vazia
  • Extinção do Compromisso Arbitral
  • A Constitucionalidade da Lei Federal 9.307/96
  • Modelos de Cláusulas Compromissórias
  • Dos Árbitros
  • Árbitro como juiz de fato e de direito nas audiências
  • A Irrecorribilidade da Sentença Arbitral
  • Dispensa de Homologação da Sentença Arbitral
  • Procedimento Arbitral
  • Princípios informadores do procedimento Arbitral
  • As Provas no procedimento Arbitral
  • A Confissão e a Revelia
  • Práticas e Prazos Procedimentais
  • Prazo para prolatação da Sentença Arbitral
  • Modelos de documentos para os trâmites arbitrais
  • Mediação e Conciliação
  • Prática Simulada – Exposição e análise de casos, simulação de processos,discussão de sentenças e estágio em audiências reais.

 

INSTRUTORES PÓS-GRADUADOS.

À DISTÂNCIA para todo o Brasil/Exterior: INÍCIO IMEDIATO

OU

SEMIPRESENCIAL:Aulas no RJ aos sábados, de 9:00 as 12:00 h.

Você escolhe como quer fazer: Semipresencial ou à distância.

 

Matrículas abertas

RESERVE SUA VAGA

 

 APROVEITE A OPORTUNIDADE:

                Descontos para alunos novos por tempo limitado.

Clique em FALE CONOSCO e receba maiores informações;

 

Se preferir, ligue: (21) 3186-3733 ou 2233-9707 –  de 2ª à 6ª, de 10 às 16h

 

Ou agende uma visita à nossa sede: Avenida Presidente Vargas, 1.733 Grupo 2005 – Centro – Rio de Janeiro – RJ – Em frente a Central do Brasil – Fácil Estacionamento.